Minha foto
Comissária de bordo, casada e mãe da Marina, relatando sinceramente essa experiência confusa, trabalhosa e maravilhosa de ser o que há de melhor.

As últimas da barriga..

Resolvi desabafar aqui um pouco, coisa que já faço frequentemente no twitter rs. Mas vou relatar um pouco do que tem acontecido ultimamente no 'Mundo de Marina'. Como de costume, tenho sentido muitas dores e cada vez piores e mais fortes. Dor nas costas, no tal do ciático e no bendito e tão comentado cóccix que me trava literalmente, toda noite. Estava toda esperançosa achando que poderia ter parto normal, se meu corpo cooperasse enfim, toda
aq
uela novela. Mas em minha última consulta com meu obstetra, tive a triste desilusão de que não poderei ter parto normal pois além de não suportar a dor que no meu caso seria o dobro do normal, meu cóccix por não ter calcificado por completo, poderia se quebrar novamente na hora do parto, pois 6 meses depois que o quebrei, engravidei. Dramático, mas real! Eu teria de esperar pra engravidar, pelo menos 1 ano após a fratura pra que isso não interferisse na gestação e eu não sofresse tanto como estou sofrendo agora. Acontece que não esperávamos uma gravidez, logo... o fato é que não posso mesmo ter parto normal pois por mais que isso me entristeça, cada dia que passa as dores no cóccix se intensificam e se por acaso eu me deitar ou sentar de alguma forma que mexa muito com ele, eu fico travada naquela posição até que alguém me levante praticamente no colo. É terrível, mas acho que eu não aguentaria uma dor triplamente maior que essa na hora do parto, sem falar na dor de ele se quebrando novamente. Acho que não.

Como se não bastasse, meu obstetra, vulgo 'bicho papão' começou sua sessão 'pró-depressão' comigo e me passou o maior sermão sobre meu peso elevado. Disse que estou relaxando demais, que faria um corte bem no meio da minha barriga, porque já que eu não estou ligando pra minha estética, não iria ligar pra uma cicatriz gigante. Mato ele ou morro de chorar com os danos permanentes que ele tá causando na minha auto-estima? Eu engordei em 8 meses e meio, não mais que 9 kg, sendo que o normal e mais comum seria eu ter engordado de 11 a 13 kg até agora. Me canso de ouvir por aí que estou magra, que nem parece que estou grávida, que de costas não dá pra se ver a barriga, que a Ivete tá mais gorda que eu (abafa), etc. Dá pra entender a sessão tortura psicológica que ele me faz? Me alimento super bem e não exagero em nada nas besteiras, até porque meu corpo não aguenta, parece até que fiz redução de estômago. Se antes comia 2 pedaços de pizza, hoje como 1 pedaço e olhe lá!

Bom, passado o stress com o médico doido, já mencionei no post anterior que estou com um fungo chamado Cândida e que causa a Candidíase. Pois bem, tive que pesquisar sobre ele na internet sozinha pois o amado médico doido não me explicou nada sobre ele. Nem como prevenir, nem as razões de eu o ter contraído, nem como tratá-lo, somente me receitou mais uma pomada (já estou na quarta). Enfim, espero que melhore com as informações que encontrei pela internet e com o uso adicional dessa pomadinha.

Porfim, fomos viajar esse fim de semana pra espairar um pouco o stress, curtir os amigos e é claro, fazer meu tão esperado book de gravidinha. Diga-se de passagem ficou maravilhoso, muito melhor do que eu esperava, estou completamente satisfeita com ele. Só falta agora selecionar as melhores fotos, o que é missão quase impossível pois ficaram todas muito boas, e editá-las como devem ser. Aí sim, divulgo por aí e começo a revelá-las pra fazer um album bem bonito pra minha bebê. Falando na bebê... eu fiquei um pouco reciosa de ter feito alguma extravagância que a tenha incomodado, sei lá. Pois desde ontem cedo ela não pára de mexer, mas como nunca antes. Mais agitada que o normal, chega a doer as reviradas dela pela barriga. Meus amigos disseram que ela ficou feliz, afinal nunca tinha 'visto' o sol na barriga então foi uma experiência diferente pra ela e o fato de eu ter ficado muito feliz a deixou agitada também e feliz junto comigo. Espero de coração que seja isso.. (mãe neurótica e preocupada rs).

É isso gente, já desabafei o bastante. Espero também que tenham gostado na nova aparência do blog, pois aviso que sou uma pessoa inconstante e me enjôo fácil. Portanto se preparem pra daqui um tempo a aparência mudar novamente. hehehe Gosto de inovar e aliás não vejo mal nenhum nisso. Né? rs

beijão em todas as barrigas que me visitam e beijo nos pésinhos dos cute cute que nasceram também. (adoro pés de neném)

Candidíase Gestacional

Nunca ouviu falar nisso antes?
Pois se você não ouviu, estou aqui para lhe informar que, como sempre, nós grávidas somos o alvo principal dela. Com certeza você já teve aquele corrimento que tem aspecto de leite coalhado, ele não tem cheiro mas coça infernalmente, arde bastante e chega a causar até feridinhas se você coçar muito. Tenho sofrido com a maldita desde o 4º mês de gestação, não podendo nem ter relações sexuais normais pois elas mais parecem uma sessão de tortura devido à ardência da vagina e sensibilidade aguçada. O que me preocupava era se isso afetaria a neném, mas meu médico me informou hoje que esse fungo só será transmitido para a neném na hora do parto (se for normal) e mesmo assim não afeta em nada na criança, pois logo dão uma vacina que elimina qualquer contamínio.

A Candidíase é causada por um fungo chamado Candida albicans, que normalmente já vive em nossas entranhas e se manifesta em nosso organismo se nossa imunidade estiver baixa e a alimentação não estiver muito fortalecida, o que é muito comum entre as grávidas. Por isso, é bastante comum que esse fungo se prolifere em nós nessa fase.


Como tratar
Se achar que está com candidíase, avise seu médico. Ele provavelmente vai receitar algum supositório vaginal em forma de óvulos ou creme vaginal adequado para seu estágio de gravidez, o que amenizará a coceira e a irritação na área. Não use nenhum medicamento no local sem antes ter falado com o ginecologista/obstetra. O fato é que essas pomadas aliviam momentaneamente mas não curam por completo a candidíase. O que pode ajudar bastante é fazer banho de assento com flogo-rosa ou até vinagre, seguindo o conselho dos mais antigos.
Coloque compressas de chá de hamamélis ou camomila na área, ou ainda gelo. Use calcinhas de algodão. Durma sem calcinha e evite usar lycra. E também faça banhos vaginais apenas com água algumas vezes ao dia, já que nessa fase fazemos muito xixi, ajudando assim no crescimento do fungo.

Descobri na prática que aqueles sabonetes íntimos, que prometem regular o PH vaginal são uma grande roubada. Tentei usar e a irritação e coceira pioraram drasticamente. Então aprendi e passei a evitar até mesmo o sabonete comum (prefira sempre os mais neutros, se possível infantis).

Alimentos recomendados ou não
A cândida sobrevive basicamente dos açúcares da nossa alimentação e lambe os beiços cada vez que pode engolir uma celulazinha morta por falta de vitaminas e sais minerais. Seu ideal é que a gente tome refrigerantes de manhã, almoce sanduíche e sorvete, jante biscoitos com queijo e coma mil balas, biscoitos e chocolates nos intervalos. Como esse tipo de comida desnutre, vamos matando células, que a cândida estará firme e forte as engolindo e se proliferar. Portanto, para começar a se livrar dela você tem que se fortalecer e deve evitar durante algum tempo: açúcar, pão, bolo, biscoito, pizza, gordura, queijos fermentados, batatas de todos os tipos, nozes, frutas secas, frutas mais doces, vinagre, chocolate, café, chá preto...Tomar iogurtes naturais ou bebidas com lactobacilos vivos (yakult serviu para algumas pessoas) pode ajudar a recuperar o equilíbrio microbiano da flora vaginal.

É isso, espero de coração que nenhuma de vocês tenha a candidíase pois realmente é algo muito chato, dolorido e irritante. Mas caso alguma de vocês tenha, aqui estão as informações que colhi da internet, do meu obstetra e também da mamãe. Boa sorte pra todas nós. rs

35 semanas

O Bebê
O espaço está ficando apertado dentro do útero. Motivos para isso não faltam. O pequeno não pára de ganhar peso. Ele acaba de chegar aos 2.5kg (a Marina pesa 2.280kg) e por isso, suas pernas e seus braços ficaram mais gordinhos nesta semana. Seu filho também deu uma espichada e, da cabeça aos pés, agora mede 45cm (a Marina tá com 42cm). Como sempre, ele continua chutando, mas tem dado um tempo nos pontapés e em outras estrepolias. Afinal, o útero já não permite movimentos muito expansivos. Depois que ele nascer, aí sim vai voltar a dar muitos chutes e cambalhotas.

O bebê nessa semana já pode "descer", deixando a barriga mais baixa. Devido ao ganho de peso, ele já é um bebê "gordinho". Como o bebê "desceu", ele não pressiona tanto os seus órgãos e você respira melhor, mas pode sentir dores na parte inferior da coluna. Esta semana, os dois rins do seu bebê estão totalmente prontos. O fígado também já consegue processar substâncias de que o corpo não vai precisar. O volume de líquido amniótico diminuiu bastante, pois o bebê ocupa muito mais espaço dentro da barriga. O útero cresceu nada menos que mil vezes em relação ao tamanho original.

Conversas
Seu bebê escuta desde cedo e reconhece a voz da mãe mesmo dentro da barriga. Converse muito com seu bebê, diga o quanto ele é querido e amado por você e pelo papai. O bebê sente todo esse carinho e fica mais tranqüilo. Se durante a gestação a mamãe ou papai cantar sempre uma música para o seu bebê, pode se preparar que vocês terão surpresas após o nascimento do nenezinho. Sabe por quê? Simples, porque o bebê se acalmará ao escutar a canção que o embalou durante boa parte da gravidez, assim como ficará mais tranqüilo ao ouvir a voz da mamãe.

A gravidez

Nesta fase você já deve ter engordado entre 11 e 14 quilos (eu engordei 9kg e meu obstetra vulgo 'devil' me chamou de gorda e relaxada!!! vou esfregar essa informação na cara dele), e seu umbigo pode estar saltado e maior. Talvez você tenha falta de ar, porque o útero está próximo às costelas. Mesmo que o peso do útero sobre a bexiga a faça ir ao banheiro sem parar, não reduza sua ingestão de água, seu bebê precisa de bastante líquido.

Sua barriga, que agora merece com todas as honras, ser chamada de barrigão, subiu mais um pouco. São 35cm de altura, e desse jeito mal sobra espaço para a bexiga inflar. É tanta pressão que a cada instante, ela cobra de você uma nova corrida até o banheiro. Mas a jornada da gravidez está quase no fim: faltam só 5 semanas para o bebê nascer. Você deve estar contando os segundos para o seu filho chegar e, com certeza, organizou todo o enxoval dele.

Vida no ventre - a partir da 38ª semana

Ando um pouco sumida, me desculpem meninas mas quando vai chegando no final, as dores do inicio da gravidez reaparecem, se juntam com as do meio e as do fim também! Isso sem mencionar que ano passado, quase na mesma época eu quebrei meu cóccix e agora sofro dobrado com as dores que nessa região já são de amargar na gravidez. Tenho usado todo tipo de cinta possível para amenizá-las mas confesso que não sei o que é pior, uma cinta esmagando sua barriga com nenem e tudo que há dentro e continuar com dor, ou as dores que sentiria muito mais se não as usasse.

Bom, estou postando novamente parte do documentário que a maioria já viu, chamado 'Vida no Ventre'. Este é a partir da 38ª semana, logo mais volto para postar o parto normal, que ao mesmo tempo em que é pavoroso, é a coisa mais linda e emocionante que Deus nos deu o privilégio de passar.

video

Vida no ventre - a partir da 33ª semana

Assistam aí meninas, parte do documentário 'Vida no Ventre' da NatGeo que a Thaty indicou. Achei muito legal compartilhar com vocês um pouquinho do que tá rolando aqui dentro. rs Eu e o Gab assistimos até a hora do parto, chorei de emoção, de cagasso e de emoção de novo. rs Vale à pena.

video

...é um vídeo pequeno. Essa parte dura mais ou menos 1min. Depois posto as seguintes.

34 semanas

Entro hoje na 34ª semana de gravidez.
Ainda faltam 6 semanas para o seu filho vir ao Mundo. E hoje ele já tem todas as condições necessárias para se adaptar à vida fora do útero. Seus órgãos estão completamente formados, seus sentidos se aperfeiçoaram e o cérebro comanda uma gigantesca tropa de células que trabalha para que tudo funcione. Ele também começou a desenvolver seu próprio sistema imunológico, que vai protegê-lo contra infecções leves.Na 40ª semana, quando nascer, suas defesas ganharão um grande reforço extra após os primeiros goles de leite materno.

A pele do bebê está lisa devido ao ganho de peso. O sistema imunológico evolui.
Na 34ª semana de gravidez, o bebê se prepara para o parto. Apesar dos ossos já estarem fortificados, os do crânio não estão conectados, que é para facilitar a sua passagem pelo canal vaginal na hora do parto.

Nessa fase, a mamãe deve continuar sentindo pequenas contrações chamadas Braxton Hicks, conhecidas como falso trabalho de parto. Só preste atenção se for mais que quatro contrações por hora durante o descanso, pois podem ser sinal de parto prematuro.

Ajuda

Você tem alguém para te ajudar como uma mãe, uma sogra ou uma empregada? Não! Então é bom começar a pensar nisto.
Dessa fase em diante, você se sentirá cada dia mais cansada e sem fôlego, aliada à uma barriga enorme e incômoda. Não poderá realizar muito esforço físico e por isso precisará de alguém que te ajude nos serviços domésticos. E quando o bebê nascer, suas atenções estarão voltadas para ele. Quando o queridinho da família te der uma folga é hora de descanso e não de pensar nos problemas da casa. Mais uma vez a importância de alguém que te ajude com os afazeres domésticos. (tô meio ferrada..eu acho)

Enxoval do bebê, o que NÃO comprar!

Acabei de conhecer o blog da Patrícia que se chama Fudeu tô grávida!!! Além de ser muito bem humorado, tem dicas muito legais e úteis de uma mamãe mais experiente que eu com certeza e pode trocar figurinhas conosco. Afinal nós mulheres adoramos trocar figurinhas úteis, ainda mais estando grávidas. Este post dela, não foge do padrão do blog, útil e bem humorado. E eu também dei meus pitacos nele...rs Que fique claro, antes das ovadas e xingamentos em anônimo que A MINHA OPINIÃO sobre cada tópico está entre parênteses. Ok? Comecemos..

Vamos lá, o que você NÃO vai precisar para o enxoval do seu bebê:
- Conjuntos de camisinhas pagão (não vejo o porque, além do bebê perder rápido ficam enrolando e vc tem que ficar ajeitando o tempo todo. Eu ganhei umas 10 da minha irmã, uma de cada cor, dei todas.)

- Mantas de lã (não mate seu filho de calor, só compre se você mora em um lugar realmente frio como no Sul ou Suiça)
- Luvas (..se morar na Suiça...)
- Fita adesiva (tipo, pra que?)- Pente (como se o neném nascesse tão cabeludo a ponto de usar pente, escovinha de neném acho mais aconselhável)
- Moisés (coisa do tempo da vovó, hoje em dia existe bebê conforto, cangurus/baby bag e slings)
- Bolsa Maternidade (oi? não é a mesma coisaque bolsa para bebê?? vai usar a bolsa na maternidade e jogar fora depois? Existem bolsas de bebê bem mais baratas que apenas não levam o nome "maternidade")
- Termômetro para banheira (mete o braço na água, se não te queimar..)
- Termômetro digital (o comum funciona muito bem também, mas o digital hoje em dia é mais barato até)
- Aspirador nasal (só aqueles da Lillo funcionam, os outros não aspiram nada)
- Shampoo neutro para bebê (se você quiser que seu filho fique com feridas na cabeça pode usar! rs
)
- Aquecedor de mamadeiras (eu tenho microondas, e você?)
- Prato térmico (hein???)
- Bolsa de água quente (fala sério né? Quem precisa disso somos nós, para colocar na região da lombar)

- Pinico (ih, vai demorarrrrrrr pra usar isso...)

- Saída maternidade (bom, eu não vejo necessidade de comprar um body com cobertor na mesma estampa que custa o triplo do preço só porque tem outro nome. hehe)

É isso meninas, é claro que cada pessoa tem sua particularidade e gostos diferentes, mas fica a dica geral pra nação de coisas que são supérfluas ao meu ver. Se tiverem sugestões e dicas de coisas dispensáveis também, me escrevam. Vamos compartilhar.

Toxoplasmose

Desde o começo de minha gestação, minha mãe têm me alertado pra eu não pegar minha gata no colo e evitar beijá-la pelo risco de contrair toxoplasmose. Eu sempre achei remota a chance de adquirir toxoplasmose da nossa gatinha, afinal ele é super bem tratada e não é em um simples contato com o animal que voce adquire a doença. Enfim, em minha última consulta meu obstetra pediu mais uma bateria de exames, dentre eles o de toxoplasmose. Ele também me alertou novamente quanto à ingestão de carnes cruas ou mal passadas e ao contato com as fezes ou mijo dela. Portanto, achei interessante colocar aqui uma matéria sobre a toxoplasmose na gravidez, que mostra como ela pode ser contraída e desvenda esses mitos e preocupações quanto aos nossos fofinhos de estimação.

A toxoplasmose é uma doença provocada por um parasita, o Toxoplasma gondii, que tem como hospedeiro principal os felinos, dentre eles, os gatos. Esse parasita se fixa na mucosa da parede intestinal e libera cistos com inúmeros toxoplasmas, que são eliminados junto com as fezes do animal. Como os cistos sobrevivem por longos períodos na terra, podem acabar contaminando frutas, verduras e também outros animais. Sendo assim, este parasita pode ser encontrado também em ovos mal cozidos e carnes mal passadas.

A toxoplasmose é uma doença inofensiva para a grande maioria das pessoas, já que não causa nenhum sintoma em 90% das vezes. Nos 10% restantes, a doença apresenta sintomas parecidos aos de uma gripe, como febre, coriza e dores nas articulações. O sinal mais importante é a presença de gânglios occiptais, popularmente conhecidos como "ínguas", atrás das orelhas, que podem ocorrer eventualmente e permanecer por semanas ou meses. No entanto, o contágio da toxoplasmose durante a gravidez pode ser muito perigoso, não para mãe, mas para o seu bebê, pois os cistos podem passar pela placenta e atingir o feto.

Os gatos contraem toxoplasmose ao comerem carne crua ou caça (ratos e baratas, por exemplo) que contenham algum dos 3 estágios infectantes deste parasita. Se você possui um gato que já há algum tempo vive exclusivamente dentro de casa e que não se alimenta de carne crua, você NÃO ESTÁ EM RISCO. Acariciar um gato o tê-lo como animal de companhia não representa perigo. Mordidas ou arranhões do gato também não transmitem toxoplasmose.

A forma mais comum de contágio em humanos se dá através da ingestão de alimentos e água contaminados, principalmente carnes mal passadas e verduras mal lavadas. Acredita-se que em São Paulo, cerca de 80% da população já tenha contraído toxoplasmose dessa maneira. Em cidades onde o consumo de carne é mais alto, como no Rio Grande do Sul, essa porcentagem sobe para 90% da população e, como é de se imaginar, menos da metade dessas pessoas convivem com gatos dentro de casa.

Portanto, se você eliminar as fezes do gato diariamente da caixa de areia, usar luvas e lavar muito bem as mãos após realizar essa tarefa, não alimentar seu animal com carne crua ou permitir que ele tenha acesso à rua, o risco de contrair toxoplasmose de seu gatinho é mínimo. Mas vale à pena evitar beijá-lo muito ou ficar com ele o tempo todo no colo, afinal todo cuidado é pouco nessa nossa fase.

Baby Cool

Estava vagando pela internet e achei essa loja on line Baby Cool que de cara a-do-rei! Os itens vendidos nela são super diferentes e fashion além de não serem tão caros. Eu gamei nesses babadores, vou comprar uns 3 no mínimo, fora os paninhos de boca e os tapa-fraldas que são uma coisa. Resolvi compartilhar com vocês:

33 semanas..cada vez mais redonda

Nesta fase, a criança começa a se posicionar para o parto, e normalmente fica de cabeça para baixo. No fim desta semana, seu bebê pode já ter 44cm (então a Marina vai ser uma girafa, porque ela tava com 36cm na 29ª semana) e pesar 2000g. Acontecem preparações para o bebê viver fora do útero, como o armazenamento de ferro em seu fígado. Paralelamente, ele continua com movimentos respiratórios como inspirar o líquido amniótico.
Por fim,seu bebê é um verdadeiro dorminhoco, porém não se engane: quando abre os olhinhos, ele presta atenção em tudo o que ocorre do lado de fora da barriga. (É muito legal quando a Marina responde aos estimulos externos. Quando quero que as pessoas vejam ela mexer, eu mexo um pouquinho na barriga e ela se revira toda incomodada. É um barato!)

Se for o seu primeiro filho, há mais chances de o bebê encaixar a cabeça na pelve esta semana, pressionando seu colo do útero. (Isso acontece com cerca de metade das mães de primeira viagem).
Sua barriga chegou a 32 centímetros de altura. Grande assim, ela só poderia pressionar o seu estômago. Em conseqüência, o apetite pode diminuir e a azia deve ter aumentado muito (SIM ela aumentou). Para resolver esses incômodos, procure fracionar as refeições, comendo várias vezes ao dia e em pequenas quantidades. Se sentir dores fortes, contate imediatamente seu médico. Pode ser que seus pés e suas mãos comecem a inchar, principalmente no fim do dia. A retenção de líquidos, também chamada de edema, costuma piorar nos dias quentes. O surpreendente é que beber bastante líquido na verdade ajuda a amenizar o inchaço. Seu corpo -- e em especial os rins -- e seu bebê precisam de muito líquido, portanto beba bastante água.

Precaução
Caso aconteça um parto antes do esperado é bom estar prevenida. Deixe a mala do bebê e a sua organizada e pronta para levar à maternidade. Tenha sempre por perto o telefone de algumas pessoas com disponibilidade que possa pedir ajuda em caso de emergência. Aproveite e verifique se não falta mais nenhuma peça ou utensílio para completar o enxoval ou quarto do bebê. Deixe com alguém os telefones de pessoas que você queira que sejam avisadas do nascimento do seu filho.

Chá de bebê bem sucedido. Ufa!

Estou muito satisfeita com meu chá de bebê. Correu tudo bem, até melhor do que eu imaginava! O bolo eu ganhei da amiga Mônica que o fez muito lindo e demais de gostoso. Quem se interessar visite o blog dela porque vale muito a pena.

Para quem sabe, eu vi na internet fotos da Ticiane Pinheiro usando essa blusinha escrito 'It´s a Girl' no chá de bebê dela e como grávida parece criança, tudo que vê fica com lombriga, eu corri atrás desesperadamente pra fazer uma blusinha IGUAL. Quem me conhece sabe que sou persistente e objetivista, portanto enquanto eu não ficasse satisfeita com a blusinha, não ia sossegar! O resultado foi que eu a amei e pelo menos todos me disseram ter amado tanto quanto eu. rs E a barriguinha como tá bem redonda, nada mais justo que apelidá-la de Ronaldo. haha adorei!


Mas como boa grávida que sou,
(desprovida de memória) tinha que esquecer algo! Sábado passado fomos a outro chá de bebê de um amigo, onde eles serviram biscoitinhos com goiabinha parecidos com bem-casado, que eu novamente 'lombriguenta' fiquei morrendo de vontade de ter no meu chá de bebê também! Pois então procurei os biscoitinhos e os encontrei bem fácil até. Mas como nem tudo é perfeito, quem disse que me lembrei de serví-los? Pois é, deixei os benditos guardados e nem de longe me lembrei deles. Isso foi acontecer só no fim da noite quando ainda haviam alguns amigos aqui numa roda de musica. Menos mal, pois servi biscoitinhos com café e eles adoraram...
Amor da minha vida!!!
O Gab ficou muito feliz também e a alegria tava estampada no nosso rosto!
Reunimos pessoas que realmente se importam conosco e isso traz energias ótimas pra nossa vida a três que tá só começando. Tem muita alegria ainda por vir, o que nos enche de expectativas.

Meus amigos são anjos que Deus colocou na minha vida e que têm tornado minha gravidez algo
muito especial como deve ser. Fico feliz em saber que a Marina já é uma criança muito amada e querida por todos, ela merece tudo de melhor que houver nesse Mundo sempre. É o que eu desejo pra ela.

E como o povo adora judiar das gravidinhas né? Mas faz parte e chá de bebe sem essas brincadeiras não tem graça. Porfim, não bastando eu ter esquecido de servir os biscoitinhos...claro que me esqueci de mais alguma coisa: as lembrancinhas!!! Ah que dó, comprei mamadeirinhas rosa com brilho (que são imas) lindas de viver, que também me esqueci completamente de distribuir aos convidados. Mas defendendo a mim mesma, foi muito detalhe pra uma pessoa só lembrar né gente, ainda mais sendo ela grávida e desprovida de memória a longo prazo! rsrs É isso, Marina ganhou muitos presentinhos, valeu a pena rever amigos e familiares que estavam um pouco afastados devido ao cotidiano corrido de São Paulo. Mesmo distantes ainda me senti muito querida e sobretudo senti esse amor com minha neném também, que nem veio ao Mundo ainda mas já é bastante amada.


Marininha agradece..



Só para quem quiser contribuir com dois pais jovens que foram pegos de surpresa. rs É também uma forma para aqueles que não poderão vir no chá de bebê que será no próximo sábado, contribuirem mesmo assim pela internet! Todo dinheiro será revertido no enxoval da bebê e comprovada a compra depois. Pequeno ou grande, o valor será agregado a um montante significativo no fim. É só clicar em QUERO CONTRIBUIR e o site ajudará no resto da transação. Podem confiar, o site é totalmente seguro. beijos

32 semanas

O bebê já está bem parecido com o que será quando nascer. O corpo está todo proporcional. As conexões do cérebro estão sempre mais complexas. A audição mais aguçada.

Movimenta-se cada vez menos por causa do espaço que tem dentro do útero, mas mesmo assim você sente os movimentos bem fortes.

O ganho de peso acelerado do bebê reflete diretamente no peso da mamãe. É provável que você esteja engordando até meio quilo por semana. Isso acontece porque nas últimas sete semanas de gravidez o bebê ganha metade do peso total que terá ao nascer. É bom garantir, portanto, que você esteja comendo bem nesta reta final. Agora seu útero está a 12cm acima do umbigo.

As contrações uterinas fisiológicas, que preparam o útero para o trabalho de parto, podem ser percebidas. A partir de agora, as suas consultas pré-natais devem ser quinzenais, pelo risco de surgimento de patologias como a pré-eclâmpsia (Pressão arterial ³ 140x90, associada a edema e à presença de proteínas na urina) e o trabalho de parto prematuro. Por isso, devem ser novamente solicitados o hemograma, exame de urina e de sífilis.

Um novo exame ultrassonográfico pode ser solicitado nesta fase para avaliação do crescimento fetal, determinação do peso fetal estimado, avaliação da quantidade de líquido amniótico, inserção da placenta, circulação sanguínea, útero-placentária e feto-placentária, e posição fetal.

Pediatra
Já está na hora de escolher aquele que te orientará nos procedimentos com o seu bebê por alguns anos: o pediatra. Procure indicações, peça informações com parentes, amigas e seu médico de confiança. Depois de selecionado alguns nomes, marque uma entrevista com cada um deles. Escolha o que te passar maior segurança, confiança e credibilidade.

Azia, companheira fiel

Os antigos costumam dizer que quando grávidas sentem muita azia significa que o bebê vai ser muito cabeludo. Eu particularmente não acredito, mas se fosse verdade eu me sinto como na foto ao lado. Tô carregando a Rapunzel dentro de mim! rsrs Aliás estou escrevendo este post com uma azia daquelas...

Estou na reta final, o que me dá um certo alívio só de pensar que vou me livrar da azia diária que têm sido minha companheira fiel durante toda a gravidez. Mas infelizmente não sou um caso à parte. Então já que temos de conviver com ela, espero que essas dicas nos ajudem a ao menos diminuí-la, nos dando assim um pouco de paz e algumas noites melhores dormidas.

A azia e a indigestão são mais comuns durante o terceiro trimestre da gravidez porque o útero em crescimento provoca pressão no estômago e no intestino. A pressão no estômago faz com que o conteúdo do estômago volte para o esôfago.

A azia é caracterizada pela sensação de queimadura no centro do peito, ardência no estômago e garganta e o sabor ácido na boca. São sintomas bem desagradáveis mas que infelizmente são muito comuns na gravidez e nos acompanham praticamente por ela toda. Portanto, ainda que eliminar a azia por completo seja praticamente impossível, encontrei algumas medidas pela internet que podem nos ajudar a amenizá-la:
  • Evite bebidas e alimentos que causam perturbações gastrointestinais como bebidas com gás, álcool, cafeína, chocolate, frutas ácidas, tomate, mostarda, vinagre, carne processada, alimentos fritos, comidas gordurosas, comida picante ou muito condimentada.
  • Não coma refeições em grandes quantidades, em vez disso coma várias refeições ao longo do dia. Demore o tempo suficiente para comer e mastigar bem os alimentos. Coma de 5 a 6 refeições pequenas durante o dia, ao invés de poucas e maiores;
  • Mascar pastilha elástica depois de comer ajuda a estimular as glândulas salivares produzindo mais saliva, que ajuda a neutralizar o ácido estomacal;
  • Não coma antes de deitar-se. Aliás, evite comer durante 3 horas antes de ir dormir, pois quando estiver deitada os ácidos estomacais são mais fáceis de subir. No meu caso, sinto fome à noite mas me limito a um copo de leite desnatado e duas fatias de pão integral com margarina. Isso me ajuda muito;
  • Durma com uma ou mais almofadas altas, de forma a elevar o corpo mantendo os ácidos onde devem estar, ajudando também na digestão;
  • Controle o seu peso sempre, juntamente com os conselhos e a supervisão do seu médico. Além de ajudar a diminuir a azia, previne várias outras dores e complicações;
  • Use roupa larga e confortável especialmente em volta da cintura e estômago;
  • Frutas indicadas: mamão, manga, banana, uva, caju, maçã (crua ou cozida) e goiaba cozida. Frutas não-indicadas: laranja, limão, tomate, kiwi, maracujá, abacaxi (frutas ácidas em geral). Abacate, côco, nozes, avelãs e castanhas (por conterem muita gordura).

Felizmente, muitos dos casos mais graves podem ser tratados com alguns medicamentos, mas nunca tome medicamentos por conta própria. Consulte antes o seu obstetra, pois alguns anti-ácidos comuns contêm componentes agressivos e prejudiciais à gestação.

 
Sinceramente... © WeDesigned | Editado por Lu Boury